2013
Campo Limpo/São Paulo - Brasil

Estação existente em superfície, localizada entre as estações Botujurú e Várzea Paulista e a rodoviária no município de Campo Limpo. Em estado de conservação razoável, não atendia as normas de segurança, ao dimensionamento de equipamentos adotados pela CPTM, bem como a legislação trabalhista e de acessibilidade em vigor.

O projeto da nova estação inclui uma plataforma central associada a um prisma suspenso, implantado transversalmente em relação a linha férrea, tendo uma segunda edificação (térrea), que faceia a linha do trem. A implantação proposta viabiliza os acessos por meio de duas praças e a projeção da estação sobre o espaço permite maior integração com a cidade. Na edificação térrea, em nível com a plataforma, concentram-se áreas técnicas e o bicicletário, o mezanino abriga salas operacionais, bloqueios e sanitários públicos. Tendo em vista a potencialização do desempenho ambiental da edificação, o projeto prevê o reuso e tratamento de águas incluindo a captação de água de chuva para o uso onde não há necessidade de potabilidade, uma fachada ventilada que favorece o conforto ambiental passivo, e predomina a iluminação e ventilação natural nos ambientes. É previsto também o uso de equipamentos destinados a Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos e uso preferencial de materiais de construção de menor impacto ambiental.

Ficha técnica

  • Ano Projeto:

    2006 / 2013

  • Área Construída:

    13.076,00m²

  • Área Terreno:

    14.653,00m²

  • Serviços Prestados:

    Arquitetura